Por que plantar bambu?

Os impactos negativos causados pela ação humana na natureza são hoje foco de discussões internacionais.  

A sustentabilidade, tema dominante quando se buscam ações integradas para a busca na melhoria da qualidade de vida e preservação do meio ambiente, é um fator determinante para o sucesso do agronegócio.

O Bambu possui os requisitos necessários para se figurar entre as espécies  vegetais que mais contribuem para um desenvolvimento sustentável, somando a isso a sua  diversidade de aplicação.

​​​​​​​Existem diversas espécies da planta. Com particularidades variadas, são excelentes na preservação do solo contra a erosão e possuem alto poder de sequestro de carbono da atmosfera. Altamente resistentes a pragas e doenças, tem no Brasil clima favorável ao desenvolvimento de florestas.

O uso do Bambu na indústria é crescente, e a necessidade de formação de florestas de bambu é exponencial para responder à demanda. 

​​​​​​​Hoje o Bambu está presente na construção civil; indústria de celulose, indústria alimentícia, biomassa e carvão; Compensado, que possui uma tecnologia específica, o BLC (Bambu laminado Colado) sendo utilizado para diversas finalidades como indústria de móveis e outras
​​​​​​​

My Image

Floresta

As florestas de bambu possuem características particulares que podem contribuir de forma significativa nas esferas ecológica e econômica de um país. O bambu é o vegetal que possui maior capacidade em sequestro de CO2 da atmosfera, além de gerar matéria prima para ser utilizada em diversos segmentos comerciais.

Colmo

Os colmos são formados por nós e entrenós alternados, sendo constituídos principalmente de fibras e vasos. O colmo, também conhecido como vara, é a parte mais utilizada da planta, na forma cilíndrica, seu emprego está ligado pricipalmente a bioarquitetura, como construções de casas, quiosques, pontes, entre outros.

BLC

​​​​​​​Basicamente o Bambu Laminado Colado ou BLC constitui-se de ripas ou taliscas de bambu processadas em máquinas específicas, posteriormente tratadas, coladas e prensadas. O BLC pode ser utilizado como colunas e vigas em construções, na fabricação de compensados para produção de cadeiras, mesas, armários planejados, pisos e outros.

Broto

​​​​​​​Muito utilizado na culinária japonesa, chinesa, tailandesa e coreana, o broto de bambu, aos poucos vem sendo introduzido também na culinária brasileira. O sabor do broto de bambu é bem diferente conforme a espécie utilizada. Os pratos são variados, pode ser servido in natura ou como ingrediente principal nos recheios.

Papel

O papel é produzido a partir da polpa celulósica do bambu, que possui excelente resistência devido a qualidade de suas fibras. Diversos tipos de papeis podem ser produzidos com essa tecnologia, desde embalagens com alta resistência como sacos para embalar cimento, como também as tão conhecidas folhas de papel sulfite.

My Image
My Image
My Image

Tecido

​​​​​​​O bambu é uma matéria prima que pode ser utilizada na fabricação da viscose a partir das fibras de celulose para indústria têxtil. A viscose é uma fibra muito confortável, devido ao toque macio do tecido, muito parecida com a seda, por não grudar no corpo, favorece o uso em roupas esportivas, íntimas e de cama. (Crédito de Hans-Jürgen Kleine).

My Image
My Image

Cosmético


Entre os cométicos fabricados à base de bambu estão os sabonetes, shampoos, condicionadores, hidratantes, perfumes e outros, oriundos de diversos países. No Brasil, uma linha de cosméticos à base de bambu foi lançada pela Fundação de  Tecnologia do Estado do Acre (Funtac) durante a Expoacre. https://bit.ly/2uLFkEP

My Image
My Image

Biomassa

A Biomassa do bambu consiste na trituração dos colmos e galhos secos ou com uma determinada taxa de umidade. A gramatura deve ser regulada conforme a necessidade da sua utilização. A biomassa do bambu pode ser utilizada por indústrias ceramistas para queima em seus fornos e por usinas para geração de energia.

Tratamento de água 


Um projeto da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia, está usando bambus para criar sistemas de tratamento de esgoto. Entre as vantagens, segundo o pesquisador Rogério Almeida, está o baixo custo de implantação e a diminuição do risco de contaminação do solo e do lençol freático. Fonte: https://bit.ly/2GE85Vg(2017).

My Image

Carvão

O cenário da madeira para produção energética é de escassez. Diante deste quadro, alguns setores ao buscarem soluções para suas necessidades tem encontrado o bambu como uma alternativa viável para a fabricação do carvão vegetal. O bambu apresenta características favoráveis ao clima do Brasil e excelente capacidade produtiva.

My Image