Biblioteca: Floração do bambu

Dendrocalamus asper

Ano: 2016 / Local: Adamantina- SP.

Guadua angustifolia kunt

Ano: 2010 / Local: Adamantina- SP.

Guadua chacoensis

Ano: 2008 / Local: Adamantina- SP.

floração do bambu, (que da origem à novas mudas de bambu) é um fenômeno natural como a de qualquer outra espécie da natureza, tendo como diferencial o espaço de tempo entre os ciclos, podendo variar de 30 a 100 anos, conforme a espécie.

Quando acontece o fenômeno os bambus liberam uma imensa carga de sementes (floração do bambu), o que pode ocasionar a morte dos mesmos, tendo em vista o imenso esforço feito para liberação das sementes, (essas sementes darão origem a novas mudas de bambu).

As mudas de bambu originárias de sementes tem uma grande vantagem em relação as outras técnicas, essas mudas de bambu possuem uma homogeneidade, (padronização natural) que é um fator fundamental quando se pensa em formação de florestas.

O grande problema para a produção de mudas de bambu com base nas sementes é que elas não estão presentes anualmente como acontece em outras culturas, como o café, por exemplo. Esse é o ponto de partida para a pesquisa em outras técnicas na produção de mudas de bambu.

Para plantações em larga escala deve-se considerar os registros sobre a última floração do bambu, espécie escolhida, evitando assim, enormes transtornos e prejuízos, como acontecido na China quando uma floresta de Mosso florou e fábricas, que dela dependiam, tiveram suas atividades interrompidas.

Segue abaixo, relação das espécies com registro de floração pela Casa & Bambu.